Minha lista de blogs

sábado, 26 de março de 2011

VANDINHO COMO DEPUTADO MOSTRAVA ALGUM RESULTADO...


Vandinho como deputado mostrava alguma coisa para a sociedade. Em termos de esportes o cara não joga nem peteca. Talvez ele esteja mesmo no lugar certo, já que a Secretaria de Esportes é considerada uma das menos importantes dos governos estaduais. Luciano Rezende estava fazendo um bom trabalho porque é da área de esportes há muitos anos, se destacando no remo e na medicina esportiva. Quando Vandinho foi escolhido secretário, eu pensei que ele iria fazer um belíssimo trabalho de resgatar jovens que hoje estão nas drogas como única forma de lazer. Sendo evangélico, Vandinho deveria ter esse tipo de sensibilidade. O esporte pode ser uma atividade milagrosa para resgatar vidas entregues ao vício. Acompanhei o trabalho do vereador Zé Luiz do PT de Cariacica no seu projeto Bom de Bola 10 na Escola e fiquei maravilhado com o ganho social em termos de educação, autoestima e valorização da vida.
Esse cargo deveria ser de algum esportista e não de um político que nada entende da área. Confesso que estou decepcionado com a atuação de Vandinho, esperava mais dele. Uma pessoa jovem, mas com a cabeça de gente velha, toda emperrada, numa cadeira assistindo tudo pela televisão. Uma secretaria de esportes tem que ser dinâmico, mostrar movimento, promover eventos esportivos e envolver essa garotada em projetos socio-esportivos. O Governo do Estado, através da Secretaria de Esportes, poderia resgatar um projeto da Rede Gazeta que revelou grandes talentos. A copa A Gazetinha era uma coisa sonhada por essa juventude em que a palavra crack tinha outro significado. Quando vejo o crack avançando nas escolas da Grande Vitória, fico pensando, Vandinho deveria deixar de fazer política na secretaria e começar a resgatar vidas para Jesus através do esporte. Implantar jogo de xadrez nas escolas, campeonatos esportivos, esportes para a terceira idade, circuitos de surf, futebol de areia e tantas outras atividades. Não vi nada disso iniciado pelo secretário, ou será que a Secretaria de Esportes se comunica mal? Fica o sinal de alerta, mas para todos os efeitos a Assembleia é um ótimo local para quem está obeso e não pode se movimentar muito.

PAPELARIA DOCE SABER CRIA UM ESPAÇO PARA ARTESANATO E CULTURA EM LARANJE...



Segundo a direção da papelaria Doce Saber, dando continuidade à sua política de sustentabilidade e qualidade de vida para seus clientes, foi criado um projeto de desenvolvimento cultural e arte com artesanato. Tendo um espaço num padrão ergométrico, confortável, alegre e inspirador, especialmente projetado para oficinas de artesanato e workshop. O empreendedor Maioli da papelaria Doce Saber , campeã de recall, mais uma vez surpreende a sociedade serrana com este cantinho aconchegante e de reencontro da sociedade serrana para tecer e tricotar na sua infinidade imaginativa os seus projetos. Como não poderia deixar de ser o novo tabroide eletrônico serrano www.folhaserrana.com.br descobriu a surpresa de Maioli e está lançando em primeira mão no seu espaço digital, essa iniciativa lovável e a altura de seus clientes exigentes e cativantes.

segunda-feira, 14 de março de 2011

TRE-ES NA VANGUARDA DO DEBATE SOBRE AS REFORMAS POLÍTICA E ELEITORAL


Leia no Jornal Folha Serrana neste link:

http://www.folhaserrana.com.br/?p=ver_not_politica&id=34

O Presidente do TRE/ES, Desembargador. Pedro Valls Feu Rosa lançou em 23/4/2010, no Salão Pleno do Tribunal, o PRETE, Programa de Ética e Transparência Eleitoral.
Envolveu 85% da classe política capixaba, além de 4.252 entidades como ONGS, igrejas, faculdades, sindicatos, associações, etc. Formando uma ampla rede de parceiros nos segmentos da sociedade civil organizada, movimentos populares, centros comunitários, representações acadêmicas, Ministério Público Estadual e Federal, Ordem dos Advogados do Brasil, e associações de bairros em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral para disseminar valores da importância ética da transparência eleitoral e coibir a prática criminosa da compra de votos e outros desvios de conduta.
Hoje, dia 14/03/2011 Pedro Valls disse no café da manhã com líderes políticos e imprensa, que defende um poder judiciário amigo dos movimentos sociais.
Essa movimentação do TRE-ES está trazendo para Vitória um fórum de discussão sobre as reformas política e eleitoral que acontecerá em uma capital brasileira nos colocando na vanguarda dos debates, como cidade escolhida.
FS Presidente qual o objetivo principal dessa movimentação do senhor nos movimentos sociais e na mídia?
Pedro Valls: Fazer com que o Espírito Santo seja parte ativa nas reformas eleitoral e política.
Folha Serrana ouviu a opinião de várias lideranças políticas para repercutir uma representação social sobre o assunto.
Deputado Marcelo Coelho líder do governo na Assembleia Legislativa. “Parabenizo o TRE-ES na pessoa do Presidente, Desembargadores e Juízes neste debate importante e forte que sempre o TRE tem colocado e agido firme e forte nas decisões da boa política”.
Por sua vez, o deputado estadual mais votado Rodney Miranda disse que concorda com Pedro Valls. “Tanto que criamos uma Comissão Especial a ser instalada no dia 21/03/2011, que vai debater as reformas política e eleitoral e enviar sugestões e críticas ao Congresso. A Assembleia ao exemplo do TRE não pode ficar fora deste debate”.
A senadora Ana Rita em seu discurso enfatizou que “a reforma política e eleitoral estão interligadas. A reforma eleitoral vai depender da reforma política, que não depende apenas dos senadores, deputados e vereadores. Depende do envolvimento de toda a sociedade”. Indignada com o fato de o grupo notáveis do Congresso, que debate o tema, ser composto apenas por homens. As mulheres são a metade da população brasileira, com isso emplacou três senadoras na discussão. Outro tema que a senadora está debatendo é a questão dos suplentes de senador. Disse que se sente à vontade na discussão por ser suplente do ex-senador Renato Casagrande. “Sou contra a ideia de suplente de senador, esse modelo não funciona e precisa ser alterado”. Concluiu.
Já o senador Magno Malta disse que “a justiça às vezes ocupa os espaços vazios deixados pelo legislador. Não existe uma normatização. Numa cidade uma forma de propaganda é permitida na outra é crime eleitoral”.
Por sua vez a deputada Rose de Freitas vice-presidente do Congresso disse: “a pauta da reforma política veio do Executivo. A presidente Dilma disse no Congresso ‘este ano teremos reforma política’. Esse debate vai ser pra valer? Essa é a grande indagação. Essa reforma política tem que acontecer está na pauta demandada pela Presidente da República. Não importa se somos um Estado pequeno o que vale é a iniciativa. A reforma política tem que acabar com essa esculhambação, que é o processo eleitoral”. Desabafou.
Para o deputado estadual Roberto Carlos é uma “boa iniciativa do Presidente do TRE. Ele já vem demonstrando essa capacidade de aglutinação desde a implantação do PRETE na eleição de 2010. Com essa discussão das reformas ele mostra espírito público no debate mais aperfeiçoado”.
O deputado federal Cesar Colnago falou da importância do Estado neste debate: ”Uma iniciativa muito louvável é um tema fundamental. A mãe das reformas é a reforma eleitoral e o Espírito Santo tomar frente no debate é muito importante nesse processo.
O presidente da Assembleia Legislativa Rodrigo Chamoun iniciou o seu discurso dizendo que mais uma vez o ES sai na vanguarda de uma discussão inadiável”
O presidente do TRE Pedro Valls Feu Rosa concluiu o seu discurso dizendo que “a eleição tem que ser decidida nas urnas e não nos tribunais. Não podemos decidir pela população quem serão os seus representantes. Quero pedir ajuda e apoio da classe política para trazer ao Estado esse debate, que o TRE sozinho não pode fazer”.
A vereadora da Serra Sandra Gomes, meio cética, fez uma importante colocação: “É importantíssimo iniciar um núcleo para debater a reforma política, confesso que irei acompanhar esse debate de perto porque nossas esperanças já estão fragilizadas".
A determinação do Presidente do TRE e de sua equipe técnica é impressionante, mas ele tem razão quando diz que sozinho o Tribunal Regional Eleitoral não pode fazer nada. Foi um grande passo, a inteligência jurídica do nosso Estado está contribuindo com as reformas política e eleitoral. Antes que a voz cansada das ruas faça à sua maneira como foi o caso da Lei da Ficha Limpa empurrada goela abaixo no Congresso sem muita discussão, mas com forte apelo popular e mobilização da sociedade.

TRE-ES NA VANGUARDA DO DEBATE DAS REFORMAS POLÍTICA E ELEITORAL



http://www.folhaserrana.com.br/?p=ver_not_politica&id=34
Leia no link acima matéria do Portal de Notóicias Folha Serrana.
O Presidente do TRE/ES, Desembargador. Pedro Valls Feu Rosa lançou em 23/4/2010, no Salão Pleno do Tribunal, o PRETE, Programa de Ética e Transparência Eleitoral.
Envolveu 85% da classe política capixaba, além de 4.252 entidades como ONGS, igrejas, faculdades, sindicatos, associações, etc. Formando uma ampla rede de parceiros nos segmentos da sociedade civil organizada, movimentos populares, centros comunitários, representações acadêmicas, Ministério Público Estadual e Federal, Ordem dos Advogados do Brasil, e associações de bairros em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral para disseminar valores da importância ética da transparência eleitoral e coibir a prática criminosa da compra de votos e outros desvios de conduta.
Hoje, dia 14/03/2011 Pedro Valls disse no café da manhã com líderes políticos e imprensa, que defende um poder judiciário amigo dos movimentos sociais.
Essa movimentação do TRE-ES está trazendo para Vitória um fórum de discussão sobre as reformas política e eleitoral que acontecerá em uma capital brasileira nos colocando na vanguarda dos debates, como cidade escolhida.
FS Presidente qual o objetivo principal dessa movimentação do senhor nos movimentos sociais e na mídia?
Pedro Valls: Fazer com que o Espírito Santo seja parte ativa nas reformas eleitoral e política.
Folha Serrana ouviu a opinião de várias lideranças políticas para repercutir uma representação social sobre o assunto.
Deputado Marcelo Coelho líder do governo na Assembleia Legislativa. “Parabenizo o TRE-ES na pessoa do Presidente, Desembargadores e Juízes neste debate importante e forte que sempre o TRE tem colocado e agido firme e forte nas decisões da boa política”.
Por sua vez, o deputado estadual mais votado Rodney Miranda disse que concorda com Pedro Valls. “Tanto que criamos uma Comissão Especial a ser instalada no dia 21/03/2011, que vai debater as reformas política e eleitoral e enviar sugestões e críticas ao Congresso. A Assembleia ao exemplo do TRE não pode ficar fora deste debate”.
A senadora Ana Rita em seu discurso enfatizou que “a reforma política e eleitoral estão interligadas. A reforma eleitoral vai depender da reforma política, que não depende apenas dos senadores, deputados e vereadores. Depende do envolvimento de toda a sociedade”. Indignada com o fato de o grupo notáveis do Congresso, que debate o tema, ser composto apenas por homens. As mulheres são a metade da população brasileira, com isso emplacou três senadoras na discussão. Outro tema que a senadora está debatendo é a questão dos suplentes de senador. Disse que se sente à vontade na discussão por ser suplente do ex-senador Renato Casagrande. “Sou contra a ideia de suplente de senador, esse modelo não funciona e precisa ser alterado”. Concluiu.
Já o senador Magno Malta disse que “a justiça às vezes ocupa os espaços vazios deixados pelo legislador. Não existe uma normatização. Numa cidade uma forma de propaganda é permitida na outra é crime eleitoral”.
Por sua vez a deputada Rose de Freitas vice-presidente do Congresso disse: “a pauta da reforma política veio do Executivo. A presidente Dilma disse no Congresso ‘este ano teremos reforma política’. Esse debate vai ser pra valer? Essa é a grande indagação. Essa reforma política tem que acontecer está na pauta demandada pela Presidente da República. Não importa se somos um Estado pequeno o que vale é a iniciativa. A reforma política tem que acabar com essa esculhambação, que é o processo eleitoral”. Desabafou.
Para o deputado estadual Roberto Carlos é uma “boa iniciativa do Presidente do TRE. Ele já vem demonstrando essa capacidade de aglutinação desde a implantação do PRETE na eleição de 2010. Com essa discussão das reformas ele mostra espírito público no debate mais aperfeiçoado”.
O deputado federal Cesar Colnago falou da importância do Estado neste debate: ”Uma iniciativa muito louvável é um tema fundamental. A mãe das reformas é a reforma eleitoral e o Espírito Santo tomar frente no debate é muito importante nesse processo.
O presidente da Assembleia Legislativa Rodrigo Chamoun iniciou o seu discurso dizendo que mais uma vez o ES sai na vanguarda de uma discussão inadiável”
O presidente do TRE Pedro Valls Feu Rosa concluiu o seu discurso dizendo que “a eleição tem que ser decidida nas urnas e não nos tribunais. Não podemos decidir pela população quem serão os seus representantes. Quero pedir ajuda e apoio da classe política para trazer ao Estado esse debate, que o TRE sozinho não pode fazer”.
A vereadora da Serra Sandra Gomes, meio cética, fez uma importante colocação: “É importantíssimo iniciar um núcleo para debater a reforma política, confesso que irei acompanhar esse debate de perto porque nossas esperanças já estão fragilizadas".
A determinação do Presidente do TRE e de sua equipe técnica é impressionante, mas ele tem razão quando diz que sozinho o Tribunal Regional Eleitoral não pode fazer nada. Foi um grande passo, a inteligência jurídica do nosso Estado está contribuindo com as reformas política e eleitoral. Antes que a voz cansada das ruas faça à sua maneira como foi o caso da Lei da Ficha Limpa empurrada goela abaixo no Congresso sem muita discussão, mas com forte apelo popular e mobilização da sociedade.

quinta-feira, 10 de março de 2011

PAPELARIA E LIVRARIA DOCE SABER, BOM ATENDIMENTO, QUALIDADE, PREÇO BAIXO...



http://docesaber.com/

A Empresa

Em meados de 1994, quando um grupo de professores se preparava para iniciar as atividades de uma escola em nosso bairro, percebemos a necessidade da instalação de uma papelaria para atender a carência da região. Decidimos, a partir dessa oportunidade, iniciar o empreendimendo.

Com todas as dificuldades de um empreendedor iniciante, sem preparo técnico, começamos a construir este projeto, e então em 1º de dezembro de 1994, nasceu a Doce Saber Papelaria.

Procuramos durante esses 15 anos sempre desenvolver, incentivar, patrocinar e apoiar nossa comunidade, alem de estar presente em eventos que promovessem a cultura e a busca pelo conhecimento. Estabelecendo parcerias com diversos setores, estivemos presentes por várias vezes em feiras e semanas culturais, nas escolas do nosso município e de toda regi'ao metropolitana do Estado, promovendo uma movimentação e participação dos alunos em concursos e em sorteios de prêmios e brindes.

Curiosidade

Como surgiu o nome Doce Saber?

O nome surgiu da expectativa de que o SABER pode ser adquirido de uma forma DOCE.

Logotipo - Abelhinha. Por quê?

O nome DOCE SABER levou a uma relação entre o produto final da abelha - o mel - que é doce.

Levando assim a construção da logomarca.

Papelaria

Inaugurada em 1994, em Laranjeiras, a Doce Saber, além de lápis, cadernos e todos os materiais comuns à papelaria, incluiu em seu mix de produtos, a partir de 1995, livros didáticos, facilitando os clientes, que passaram a encontrar em um só lugar tudo o que precisavam para compor sua lista escolar.

Depois de quatro anos no mercado, em 1998, iniciou sua tradicional Campanha de Volta às Aulas, sorteando entre seus clientes, anualmente, prêmios como TV's, motocicletas, computadores, DVD's e bibicletas, entre outros.

Procurando oferecer sempre novidades e tendências do mercado ao seu público, a Doce Saber visita todos os anos A Escolar - a maior feira de papelaria da América Latina.

Ao longo de seus 15 anos de existência, a Papelaria Doce Saber tem apoiado a comunidade, estabelecendo parcerias e participando de eventos que promovam o desenvolvimento da cultura e incentivo à leitura.

Acreditando no potencial do município da Serra e contando com o apoio de seus clientes e amigos, em meados de 2002, com a implantação do Laranjeiras Shopping, a Doce Saber iniciou mais um grande projeto, instalar em Laranjeiras a primeira livraria do município da Serra, e até a presente data se orgulha de ser o único estabelecimento da região a vender apenas livros de todos os segmentos.

Livraria

A Livraria Doce Saber, inaugurada em 2002, no Laranjeiras Shopping, compartilhando os mesmos ideais da Papelaria Doce Saber, de apoiar e divulgar a cultura, principalmente do município da Serra, promove, freqüentemente, lançamentos de livros.

Alguns exemplos são: "A História da Serra", de Clério José Borges, "Eus Meus", de Franklin Neto e "Poemas para serem lidos a dois e outras possibilidades" de Marcos de Castro.
Além disso, objetivando incentivar o gosto pela escrita e pela leitura, em parceria com as escolas do município, a Livraria Doce Saber tem lançado livros produzidos pelos alunos das instituições, com direito a uma noite de autógrafos.

A Doce Saber também participou da 1ª Bienal Capixaba do Livro, em 2003, e do 1º Salão Capixaba do Livro Infanto-Juvenil e Quadrinhos, em 2004, que aconteceram no Shopping Vitória.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Leia na Folha Serrana matérias mostradas neste vídeo



O Jornal Folha Serrana, ligado ao grupo Êxito Publicidade e ao Instituto Amostras, foi inaugurado neste carnaval. Embora a data seja de um rito de passagem, o jornal em breve vai mostrar ao que veio. Nós teremos um personagem lúdico, o Zé Limpeza, que vai cuidar das questões ligadas à sustentabilidade, destinção do lixo e meio ambiente. Além de continuar com este blog aqui neste canal do Google, vou também cuidar da redação do jornal, uma vez que sou jornalista registrado no Ministério do Trabalho. O Instituto amostras já foi contactado por um deputado que tem interesse em Aracruz e na Serra, mas nada foi fechado. Em tempo, eu vou continuar com minhas atividades de sociólogo e marqueteiro político e empresarial. O exercídio do jornalismo deixou de ser uma atividade sem fins lucrativo na minha vida, para ser uma fonte de renda.

Quero agradecer ao meu público que curte o que escrevo. Muitas vezes para rir de meus erros ortográficos. Sei que algumas vezes ficam frustados devido às correções de Cristina, a minha namorada que é formada em letras. Infelizmente, para a felicidade de meus críticos, como diretora de escola, nem sempre ela tem tempo para dar atenção aos meus textos. Se preparem, muitas vezes os leitores vão encontrar nas minhas publicações, batatas, abóboras, entre outros legumes da língua portuguesa que um sociólogo e jornalista pode cometer...

quinta-feira, 3 de março de 2011

Vista do Atlântico é sucesso e Tiago Mosaner (27) 99600777 aguarda a sua decisão de morar bem!



Vista do Atlântico é sucesso no Feirão da Caixa

A COBRA ENGENHARIA participou pela primeira vez do Feirão Caixa da Casa Própria que foi realizado nos dias 21, 22 e 23 de maio em Jardim Camburi, Vitória. No Feirão a Cobra expôs o Residencial Mata Atlântica, sucesso de vendas em Guarapari e lançou o Condomínio Club Vista do Atlântico.
Com localização privilegiada na área mais elevada de Jacaraípe, o que proporciona vistas espetaculares, o empreendimento fica a apenas 5 quadras do mar e próximo a supermercados, bancos, escolas e outros.
O Condomínio Club Vista do Atlântico será composto por três torres de 12 pavimentos, com área de lazer completa com piscina adulto e infantil, sauna, espaço gourmet com churrasqueira e formo de pizza, brinquedoteca, salão de festas e quadra poliesportiva, tudo entregue montado e decorado. Os apartamentos serão de 2 (dois) quartos com suíte, varanda, medidores de água e gás individuais, piso instalado e muito mais.
E apesar de ser um empreendimento diferenciado, o Vista do Atlântico está ao alcance de todos. Com preços espetaculares, este empreendimento será financiado em até 30 anos pela Caixa Econômica Federal, a taxas de juros baixíssimas. E mais: a maioria das unidades se enquadra no programa ”Minha Casa Minha Vida”, no qual o cliente pode receber um subsídio de até R$ 17.000,00!!
O Vista do Atlântico agradou tanto que foi considerado por muitos no Feirão o melhor empreendimento do programa “Minha Casa Minha Vida”.
Bom demais para ser verdade? Então cadastre-se neste site e receba mais informações. O Condomínio Club Vista do Atlântico é “real, possível e perto de você”.