Minha lista de blogs

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

DIPLOMAÇÃO DO PREFEITO DE VIANA GILSON DANIEL COM O POVO E A POLÍCIA NA RUA

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

FOTOS DA POSSE DA NOVA DIRETORIA DO SINDIUPES NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

terça-feira, 27 de novembro de 2012

GRUPO SERRA GRANDE UMA HISTÓRIA DE SUCESSO

Há muitos anos conheci dois churrasqueiros famosos da Serra, que deixaram o Rio Grande do Sul em busca de oportunidades em terras capixabas. José Francisco e Paulo os fundadores da churrascaria Serra Grande têm uma história muito bonita que eu gostaria de contar numa outra oportunidade. Com visão no futuro o grupo construiu um restaurante extremamente amplo com uma fundação projetada para receber um hotel em cima. Mas a decisão de construir se tornava cada vez mais difícil devido ao volume do investimento e o risco decorrente. Aqui entra o Instituto Amostras nesta história. Nós estávamos fazendo uma pesquisa para a SUPPIN ouvindo todos os empresários da região, quando detectamos uma considerável demanda de alguns empresários por hotel próximo ao CIVIT. A pesquisa era para apontar os problemas e dificuldades dos empresários em alavancarem seus negócios. Entre muitas reclamações a constatação de um absurdo, a falta de um hotel para receber os homens de negócio que se dirigem ao CIVIT, muitas vezes de outros países em busca de granito, metalomecânica, caixas de água entre muitos outros produtos do parque industrial da Serra. Ao ouvir essa história, como uma sugestão para se construir um hotel em cima da churrascaria, José Francisco disse que essa ideia já estava no projeto e a estrutura foi preparada a partir da fundação. O grupo estava pensando em contratar uma pesquisa para verificar a demanda. Nós tínhamos detectado um problema dos empresários que José Francisco e seu irmão transformaram em oportunidade de negócio. Dai para iniciar as obras do Serra Grande Hotel foi um pulo.
Com uma estrutura adequada e condições ideais para repouso e relaxamento, na tranquilidade de uma boa noite de sono, com alimentação saudável no café da manhã e acesso à informação 24 horas. O Hotel Serra Grande é um projeto arrojado e de alto padrão, voltado para o atendimento EXECUTIVO e também de LAZER. “São 76 apartamentos amplos com os padrões STANDARD e LUXO, equipados com: TV de LCD 32”; Minibar; Telefone; Internet Banda Larga (sem custo); Ar Condicionado Split; Bancada de trabalho. O Hotel oferece também: Piscina; Sauna; Fitness; Auditório para encontros empresariais com capacidade para aproximadamente 80 pessoas; além de Estacionamento Gratuito, sem cobrar taxas de serviço. Um novo conceito de qualidade e conforto no Turismo de Negócios na região de Laranjeiras. Você que está se dirigindo à Serra é melhor conferir o site para fazer a reserva. A falta de vagas está sendo resolvida com a ampliação do hotel: www.gruposerragrande.com.br

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

AUDIFAX 40 DESAFIOU SÉRGIO VIDIGAL A MOSTRAR UMA OBRA DA SUA GESTÃO EM E...


Segundo Audifax 40 Eldorado está completamente abandonado. Ele desafiou o prefeito Sérgio Vidigal a mostrar uma obra dessa gestão. A paralisia administrativa começou quando Audifax, que era o técnico do grupo de Vidigal foi traído e saiu, quando as coisas aconteciam na serra. Hoje está tudo parado, porque o atual prefeito não sabe governar sem Audifax. Os ventos da mudança já chegaram na Serra. 40 neles!

terça-feira, 21 de agosto de 2012

POESIA POLÍTICA DO SOCIÓLOGO JOSÉ VIEIRA AOS IDOSOS DE VIANA


Viana é uma cidade abandonada, em toda parte acontecem coisas, só em Viana não acontece nada. Postos de saúde sem médicos, quando encontra um clínico, nunca um especialista, falta o remédio da receita, que fica inútil por falta de condições de comprar o medicamento. Não dá para continuar com essa situação, mudança é a solução.

domingo, 12 de agosto de 2012

CAMISAS PRETAS DE GILSON DANIEL 43 PREFEITO DE VIANA GANHAM AS RUAS DE VILA BETHÂNIA


Uma enorme concentração de voluntários e simpatizantes do PV 43 de Gilson Daniel o candidato a prefeito de Viana em Vila Bethânia, deu início à caminhada nesse bairro abandonado, entre outros bairros abandonados no município. A caravana vitoriosa de Gilson Daniel empolgou a população que deseja mudança na atual administração. A nova gestão da mudança é a única esperança do povo. Só existe o lado de lá e o lado de cá. Esse homem, cuja mãe e duas tias são faxineiras da prefeitura, convive com a injustiça de ver na família pessoas ganhando R$ 545,00 o salário mínimo antigo. A atual gestão demorou muito e ainda está demorando no entendimento de que o salário mínimo é R$ 622,00. A esperança de mudança é o PV 43 com Gilson Daniel e Faustão na prefeitura. A demora em atender a população com rede de esgoto é a mesma demora em colocar médicos especialistas nos postos de saúde. Quanto menos saneamento básico, mais doenças e maior necessidade de médicos especialistas nos postos, principalmente pediatras. Quantas ruas, bairros inteiros sem pavimentação, sem creche, segurança pública, o abandono se vê por toda parte. Demorou muito para o povo entender que precisamos de mudança. A monarquia já caiu, só o rei que ainda não viu... Agora é a vez do 43

segunda-feira, 30 de julho de 2012

JINGLES SERTANEJO PARA GILSON DANIEL PV 43 O NOVO PREFEITO DE VIANA


Tem gente que vota em Gilson Daniel 43 para não perder uma deputada estadual. Tem quem vota pelo avanço nas políticas sociais sustentáveis. Outros votam por desejar mudança, cara nova, sangue novo. Existem aqueles que preferem um homem simples, que veio do povo, muito estudado, que custiou os estudos sacrificando o pão de cada dia. O motivo pelo qual você está votando certo não tão importante quanto sua vontade de mudar de vida, crescer, avançar e salvar Viana do marasmo que tomou conta da cidade nos últimos 12 anos. Tem coisas que um homem preparado, estudado, capacitado, faz melhor que a vovó. Vamos ganhar um prefeito sem perder uma deputada. Você vota Gilson Daniel 43 e ganha um prefeito sem perder milhões em emendas parlamentares no Orçamento Estadual.

sábado, 21 de julho de 2012

FAMILIA GOMES APRESENTA SUA FORÇA ELEITORAL PARA AUDIFAX MAS PSDC CONTINUA COM VIDIGAL

A revolta do PSDC da Serra contra Sandra Gomes (PSDC) não faz sentido. Quando a maior liderança feminina do partido a Presidenta do PSDC Mulher vereadora Sandra Gomes (PSDC) foi isolada, em função de uma dupla tragédia política em sua vida. Primeiro as forças ocultas, temendo o crescimento de Gilson Gomes no mercado eleitoral, pois era o presidente regional do PSDC, prenderam Gilson. Soltaram faltando um dia para o fim das coligações para ele sentir o gostinho amargo do isolamento político ao qual foi condenada sua esposa. Sandra sentindo a falta do marido, que nunca havia dormido uma noite se quer fora de casa, passou praticamente trinta dias visitando a unidade prisional onde Gilson Gomes estava injustamente preso. Enquanto isso alguns vereadores da base política de Sérgio Vidigal (PDT) tramavam ardilosamente o seu isolamento. Esse grupo de vereadores praticamente obrigou o prefeito em campanha de reeleição, a fechar as portas de uma coligação já combinada com a vereadora Sandra Gomes (PSDC). Na análise da família Gomes, Sandra deixou de ser competitiva já que o segundo mais votado do partido deve ser um pastor psicanalista que deve ter uns 300 votos no máximo. Desta forma a vereadora desistiu em função de um plano “B” traçado pela raposa Gilson Gomes (PSDC) para a família não perder espaço no mercado político. Os Gomes vão concentrar todos os seus votos no líder espiritual da família, o evangélico Gildo Gomes. Quando Sandra Gomes (PSDC) votou contra o aumento abusivo dos vereadores, Gilson Gomes temendo o pior tratou de filiar Gildo Gomes no (PSB) de Audifax Barcelos (PSB), visando uma candidatura que acabou se confirmando. Sandra Gomes (PSDC) vai tentar junto ao Eymael, reverter esse movimento covarde de expulsão comandado por um grupo de Vitória que deseja tomar o partido na Serra. Enquanto isso Gildo Gomes (PSB) 40.240 segue firme com sua candidatura vitoriosa apoiada por um braço pela família Gomes, inteira e afinada com ele. O outro braço político forte de Gildo são os líderes evangélicos, vários pastores que lhe apoiam. Os Gomes desejam mostrar a Vidigal, quantos votos foram perdidos nessa manobra macabra contra Sandra. Gildo já anda dizendo que despertaram uma vontade gigante de renovar a Câmara Municipal da Serra e melhorar suas práticas políticas. Nós temos que ter tolerância zero contra a Corrupção, aquele servidor que rouba uma caneta se tiver oportunidade vai roubar coisa maior. A confusão do público com o privado na Câmara da Serra deve ser muito grande é a Câmara que mais gasta no Espírito Santo. A moralização daquela Casa de Leis passa por um nome experimentado, que não se rendeu ao canto da sereia do atual prefeito quando foi vereador de oposição ao prefeito Sérgio Vidigal (PDT). Gildo Gomes (PSB) é o candidato a vereador com a maior força política local entre os candidatos a vereador que Audifax (PSB) conquistou. Os eleitores de Gilson Gomes (PSDC) e Sandra Gomes (PSDC) estão todos afinados com Gildo Gomes (PSB), desta forma, vão dar um caminhão de votos para Audifax (PSB) 40 e Gildo Gomes (PSB) 40.240. Esses votos que Sérgio Vidigal (PDT) perdeu vão fazer a diferença na contagem dos votos em favor de Audifax Barcelos que vai se confirmando como o nome da mudança de rumo da gestão pública na Serra.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

PT DA SERRA APOSTA EM GERALDA SANTANA PARA VAGA DE LOURÊNCIA RIANI

Na Serra, em termos de política, acontecem coisas que até Deus duvida. Por exemplo, a vereadora Lourência Riani, que é líder do prefeito Sérgio Vidigal (PDT), foi escolhida no PT para ser a vice-prefeita da Serra. Em contra partida a vice-prefeita Madalena Santana militante histórica do PSB e seu companheiro Sargento Valter (PSB), continuam no grupo do prefeito Sérgio Vidigal (PDT). Ontem no registro de candidatura, o prefeito chegou sozinho no Cartório Eleitoral acompanhado de diversos servidores municipais gritando seu nome. Depois sua esposa Sueli Vidigal (PDT) chega sozinha sem nenhuma manifestação de carinho dos seus pares. Em tempo. Segundo pesquisa que tive acesso o maior motivo de rejeição de Vidigal é a própria esposa. A boca miúda diz que ela manda e desmanda no atual prefeito. Tanto é verdade que Vidigal está desvinculando sua imagem da esposa. Tem aparecido sozinho em outdoor e eventos como se fosse solteiro. Ironias à parte quem está escalada para assumir a vaga de Lourência na Câmara é uma linda loira que atende pelo nome de Geralda Santana (PT), que não é parente de Madalena, Aloísio Santana e muito menos do músico serrano Juninho Santana. A família Santana tem diversas ramificações. Geralda é a esperança do partido em contar com outra mulher na Câmara Municipal da Serra. Essa moça tem muita chance, pois o PT além de Sabino não está apresentado grandes nomes como Cléber Lanes, Givaldo Vieira ou Roberto Carlos. Todos saíram do plano de vereador para voos mais altos. Com isso novas militâncias é a esperança do partido por renovação na Câmara de Vereadores. Vai haver uma grande renovação pelo aumento de vagas e também dado ao desgaste que o Legislativo Municipal está passado na desastrada gestão de Cesar Nunes (PDT), que o Ministério Público não vê, mas dizem que ele apronta e muito. Aliás, se não fosse o bendito veto de Sérgio Vidigal, esses mesmos edis estariam dando um rombo no Orçamento Municipal em salários e mordomias. Mas Geralda Santana (PT) está para além dessa sujeira nojenta que virou aquela Casa de Leis. Poucos vereadores ainda salvam a Câmara da Serra do descrédito total. Os destaques são para Bruno Lamas (PSB) e Sandra Gomes (PSDC), que não comem no mesmo coxo dos demais. Lembrando que esses dois vereadores lutaram contra o exagerado aumento de salário que eles próprios estavam preiteando. Legislação em causa própria não é novidade no País que sofre com um rombo no orçamento porque a Câmara dos Deputados resolveram aumentar a verba de gabinete. Mulheres sonhadoras como Geralda Santana (PT) é a esperança de mudança dos serranos. Todos sabem que em termos de política as mulheres são mais honestas e dedicadas. Lourência Riani é o exemplo dessa postura na Câmara da Serra, apesar de ser líder do prefeito Sérgio Vidigal (PDT). A eleição na Serra vai ser muito disputada, já que Audifax Barcelos (PSB) conseguiu fechar coligação com 11 partidos.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

PEDIDO DIREITO DE RESPOSTA DO PSDC AO JORNAL A GAZETA

Diante da maldosa matéria: “Campanha na igreja candidato põe vídeo na internet e revolta fieis”, que me fez lembrar as características do antigo Jornal da Cidade da jornalista assassinada Maria Nilce, venho pedir direito de resposta. Vamos aos fatos. Os evangélicos de Vitória somam 42% do eleitorado e os depoimentos de poucos evangélicos citados no jornal não dão direito a esse meio de comunicação de dizer que o vídeo de Edson Ribeiro desagrada o público de evangélicos. A matéria é generalista, em particular o Pastor Batista Edson Ribeiro é membro da Ordem dos Pastores do Brasil, com o n° 3884. Sendo ordenado em 1991, pela primeira Igreja Batista de Guarapari. Ações voluntárias do Pastor Edson Ribeiro Membro da Igreja Batista da Praia do Canto há nove anos e EVANGÉLICO BATISTA há 40 anos, sendo 21 anos como pastor. O salário era devolvido como dízimo, pois sempre teve outras rendas como empresário. Pastoreou por cinco anos a primeira Igreja Batista em Itaipava de Itapemirim construindo o templo próprio. Pastoreou por cinco anos a Primeira Igreja Batista em Itaparica Vila Velha onde também construiu o templo próprio. Foi pastor em diversas outras igrejas batistas de forma interina. Foi presidente da Associação Sul Litoral e também da Associação das Igrejas Batistas de Vila Velha. Foi membro do conselho administrativo da Convenção Batista Estadual por quatro anos. Foi membro do Conselho do Seminário Batista do Espírito Santo. Foi o criador do projeto social Casa Lar da Convenção Batista em Piúma, que trabalha com meninos de rua há 18 anos. Foi criador e dirige o Jornal Cristão do Espírito Santo há 18 anos. Presidente da Associação Brasileira de Psicanálise Clinica e também da Associação de Psicanálise Clínica do Espírito Santo Atualmente é empresário na área de educação e consultório clínico. Único candidato a prefeito evangélico de Vitória por um partido cristão o PSDC Títulos conquistados por trabalhos voluntários Recebendo os títulos de cidadão: Itapemirinense; Piumense; Vilavelhense; Cidadão de Vitória; Cidadão Espirito Santense; Título Emérito da Associação das Igrejas Evangélicas do Brasil. Esse título de Doutor em Divindade somente recebe quem constrói templos e projetos sociais. Título de Capelão pela Suprema Corte do Estado de Nova York, onde ajudou centenas de famílias vítimas dos ataques terroristas ao World Trade Center. Comenda Padre Rômulo Balestero por trabalhos voluntários pelo social concedido pela Assembleia Legislativa do Espírito Santo. Formação acadêmica Bacharel em Teologia Bacharel em Administração de Empresas Pós-graduação em Análise de Mercado em New York pela Concord Chimester Pós-graduação em Psicanalise Clínica Pós-graduação em Psicopedagogia Institucional e Clínica Pós-graduação em Sexualidade Clínica Pós-graduação programação neurolinguística Pós-graduação em Direito Político Mestrado em Teologia Doutorado em Teologia Doutorado em Psicanálise Clínica Pós-Doutorado em Filosofia da Religião (PHD) Por tudo isso, com autoridade para falar como evangélico verdadeiro assusta-nos observar que um jornalista de uma Instituição como o jornal A Gazeta, pode desvirtuar depoimentos de poucos membros da igreja onde o candidato é membro, num seguimento de mais de 120 mil evangélicos na Capital do Estado. Conversando pessoalmente com seus amigos os pastores citados, os quais não confirmaram as supostas palavras atribuídas a eles na perversa matéria. O Candidato a prefeito de Vitória, Edson Ribeiro PSDC 27, sendo o único Candidato a Prefeito genuinamente Evangélico da Capital, com propostas de mudanças revolucionárias no olhar da ética cristã tem seus atos públicos divulgados na internet até como proposta de sua futura gestão. Isso é o que ele entende por transparência total. Nós do PSDC repudiamos todo tipo de descriminação preconceituosa a um candidato por ser Genuinamente Evangélico. DIRETÓRIO MUNICIPAL DO PSDC DEVITÓRIA

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

JONES CAVAGLIERI, O CANDIDATO DO GOVERNADOR CASAGRANDE É FICHA LIMPA!



O deputado Marcelo Coelho (PDT), não poderá ser candidato a prefeito em Aracruz-ES. Uma lista contendo a relação dos políticos fichas sujas está rolando de mão em mão na cidade, o nome de Marcelo Coelho aparece em destaque. Condenado por improbidade pela justiça ele já deveria ter perdido a função de líder do governo Casagrande, um governo supostamente de fichas limpas. Mas nem tudo na política é do jeito que as pessoas honestas desejam. Casagrande ainda não tem vontade política própria e o Coelho deve ser indicação de algum figurão da política. Muitos cargos no governo do Estado tem a indicação de Paulo Hartung (PMDB). Nem sempre o Paulinho apoia gente honesta a exemplo de o complicado prefeito João Coser (PT), investigado pelo Ministério Público e Polícia Federal. Outro aliado de Paulo Hartung (PMDB) e Lelo Coimbra (PMDB) e o vereador de Aracruz Gil Furieri (PMDB) preso por corrupção. Paulo Hartung é como um imã que atrai tudo que não presta na política, a exemplo de Zezito Maio (PMDB) o vereador que é líder do governo Coser, que também está sendo investigado pelo MP e PF. Cada governo tem o líder que merece e Marcelo Coelho, ficha suja, deveria se aproximar mais de José Carlos Gratz, João Coser, Gil Furieri, José Ignácio, que são pessoas do seu universo simbólico.
O povo de Aracruz vive um dilema terrível, por um lado o grupo do Cacá representado por Marcelo Coelho (PDT) e do outro o grupo de Ademar Devens (PMDB). Uma terceira via poderá carregar o padre Valdecy, Alcântara Filho e o candidato do governador Casagrande, tudo no mesmo grupo de partidos políticos pela moralização e mudança na cidade. Jones Cavaglieri (PSB) aparece como nome de consenso, entre políticos fichas limpas de Aracruz.