Minha lista de blogs

sexta-feira, 10 de julho de 2020

DUDU O HERDEIRO POLÍTICO DE SUELI E SÉRGIO VIDIGAL


Sérgio Vidigal (PDT), vinha apresentando sinais de fraqueza política desde quando sofreu a primeira derrota contra o Prefeito Audifax (Rede).  Em função da rejeição dos eleitores à sua esposa, a Matriarca Sueli Vidigal, que levou seus poderes matriarcais à prefeitura, justamente com sua frustração e amargura. Seu poder sobre o marido, que vem aumentando, por trás do mandato de deputado federal. Todos sabem que Sueli controla com mão de ferro os cargos comissionados do deputado Vidigal. Tem até uma chacota entre os amigos e aliados políticos: “Ela coloca um monte de mulheres feias e mal humoradas, para vigiar os passos do marido, colocando um sinto de castidade psicológico na relação dele com suas amantes” Disse um Pastor de Nova Almeida, amigo íntimo da família. (Obs: Ele escreveu no Watsapp a palavra cinto com "S").
Também no Governo do Estado, Vidigal sente dificuldade ao colocar seus aliados, até nas empresas terceirizadas. Mesmo assim deve fechar com Bruno Lamas (PSB), pois teme o que lhe ocorreu em 2018, quando Sueli foi derrotada para deputada estadual. Com espaço limitado por Casagrande, ele tem que ficar empurrando com a barriga e mentido enquanto o tempo passa. Pior agora, quando a justiça eleitoral rejeitou suas contas, o impedindo de disputar a prefeitura da Serra. Audifax vai lhe impor a terceira derrota junto ao deputado Amaro Neto (Republicanos), que tem fama de político honesto, alegre e carismático. Com Vidigal fora do páreo, não vai dar segundo turno.
Ao contrário do que todos contavam, o ex-prefeito não elaborou um plano “B”. Seu filho, do primeiro casamento, Eduardo Vidigal (Dudu), sempre desejou entrar na política, mas foi vetado pela Matriarca Sueli, em função do filho dela o Serginho Vidigal, que não herdou o gene político dos pais. Ao contrário do desejo obsessivo da mãe, ele não está disposto a sacrificar sua carreira promissora de médico para entrar na política.  
Mas Sérgio Vidigal já se sente velho e cansado, não gosta do ar seco de Brasília, tanto é verdade que passa a maior parte do tempo na Serra, atendendo pacientes e aliados políticos, o que lhe deu o ranking de um dos piores Deputados federais do Espirito Santo. Abaixo dele na escala dos piores apenas o Helder Salomão do PT. Confira a classificação.

Quem seria o sucessor na família Vidigal, com a recusa do filho de Sueli sobrou apenas o Dudu, despreparado para disputar a prefeitura vai seguir o exemplo do pai e começar de baixo com um mandato de vereador. Numa entrevista exclusiva ao Jorna Tempo Novo, Dudu disse: “Estou firme. Sou pré-candidato a vereador”, depois concluiu. “Sim, existe uma preocupação, por ser uma campanha difícil para vereador, muitos candidatos”.
Analisando a frase ao dizer que estava firme e se preocupar com a dificuldade da campanha para vereador mostra o despreparo político, quem está realmente firme não demonstra preocupação alguma. Será que Sueli Vidigal, que teria a maior votação para vereadora da história da Serra abriria mão desse capital político, para beneficiar o filho de uma outra mulher? Embora tenha sofrido uma vergonhosa derrota para deputada estadual, ela seria uma puxadora de votos, nessa vez que acabou as coligações. Se os dois fossem pré-candidatos afastaria todos os outros pré-candidatos.
De acordo com os bastidores políticos da Serra, Sérgio Vidigal vai investir pesado na candidatura do filho mais velho, mesmo que Sueli, que já está se movimentando, imponha sua candidatura. O Ex-Prefeito vai pendurar a chuteira com esse último mandato de deputado federal. Tudo indica que vai lançar o filho para deputado federal em 2022, numa dobradinha com o pai que seria candidato a deputado estadual, se a justiça eleitoral permitir em função dos seus processos por desvios de dinheiro público. Com tanta incerteza no cenário político é esperar para ver no que vai dar.

14 comentários:

  1. Eu estava até tentando ler achando que era uma matéria séria e não comprada, mas falar que Amaro Neto é uma pessoa honesta, alegre e carismático é forçar de mais. Você insinuou que uma pessoa tem amante.... e desconsiderou o maior escândalo extra conjugal da política capixaba, que envolve o próprio Amaro neto. Que pra nós aqui da Serra é um palhaço, traidor de esposa, que quer fazer onda com a cara do Serrano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade somos todos palhaços de uma esquerda corruPTa, que arregaçou os cofres públicos. O passado de Corrupção na Serra é vergonhoso. O Amaro teve um caso extra conjugal, neste quesito Vidigal lhe dá uma surra, pois tinha uma amante em cada esquina. Eu conheço algumas, se for mentira que ele que me processe. Não vendo matéria e não publico fake news.

      Excluir
    2. Não estou preocupado em divulgar escândalos sexuais de ninguém. Nesse quesito Sérgio Vidigal supera o deputado Amaro Neto em proporção incalculável estou sim preocupado e fazer uma leitura de cenário o mais próximo do real possível. Mesmo sabendo que segundo Lacan o real impossibilita seu registro dada a complexidade. Sem considerar o viés ideológico de quem escreve e quem lê. Entre o Imaginário, o simbólico e o real tem um grande abismo de entendimento e expressão.

      Excluir
    3. Esse texto foi um diário político que viraria até uma história 😱🙈

      Excluir
  2. Sei que esse artigo mexeu com os pilares simbólicos da estrutura de poder dos serranos, mas eu acredito no princípio do direito à informação (art. 5º, inciso XXXIII, da Constituição Federal) como também o princípio da liberdade de expressão (art. 5º, inc. IX). Qualquer contraditório das partes mencionadas o Fórum da Serra está à disposição, não terei dificuldade alguma em apresentar a minha versão completa. Aqui tem um resumo, mas na justiça outras coisas poderão ganhar luz de uma realidade não conhecida da Opinião Pública. Lembrando que não tenho nada contra os membros da família Vidigal, antes pelo contrário, sou fã do Eduardo Vidigal, que cresceu longe da segurança de uma figura paterna para orientar seus passos incertos de criança.

    ResponderExcluir
  3. Aguardando cenas dos próximos capítulos! Vai ter treta sim....
    Vou começar orar para que não se inicia a terceira guerra mundial depois dessa!

    ResponderExcluir
  4. Aguardando cenas dos próximos capítulos! Vai ter treta sim....
    Vou começar orar para que não se inicia a terceira guerra mundial depois dessa!

    ResponderExcluir
  5. Penso que você Vieira Sociólogo está equivocado pois Vidigal vai vim candidato a prefeito pra tristeza de Amaro Neto que não tem vez aqui na serra. Seria muito triste para o povo da serra ter que votar em um canela verde! Que Votou contra o povo agora na Câmara.

    ResponderExcluir
  6. Quais seriam as intenções de Zé Vieira, funcionário da deputada Soraya Manato, em denegrir a imagem da família Vidigal? É muito claro para o leitor inteligente descobrir. Quem tem telhado de vidro não deveria jogar pedra na casa do vizinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você observar melhor, verá que pedi exoneração do meu cargo junto à melhor DEPUTADA FEDERAL do Espírito Santo.Eu tenho orgulho de ter sido Assessor da Família Manato. Soraya Manato é uma das mulheres mais inteligentes do Estado. Em 2022 ela será nossa Primeira Dama. Eu não estou denegrindo a imagem da família Vidigal, apenas penso que Eduardo Vidigal tinha que ter uma oportunidade na família, chega de ser o patinho feio. Se ouve desvio de dinheiro público até no Bolsa Família e no IPS, quem tem que investigar isso é o Ministério Público. Sou jornalista e sociólogo, não sou policial federal, não sou juiz e nem promotor.

      Excluir
  7. Nem vou enumerar a falta de vírgulas e pontuação fora do lugar para um jornalista. O que realmente doeu foi ler "sinto de castidade" com "S". O interessante neste texto (não vou chamar de matéria), além de um pedido gritante por processo, foi a grande preocupação de Vieira, assessor de Soraya Manato, com a força política da família Vidigal. Apesar das críticas, há muito temor pela presença de Sérgio Vidigal nas urnas. O autor diz que sem Vidigal no páreo, nem haverá segundo turno. Ele lembra que Vidigal tem o apoio do governador Casagrande, o que é muito importante para o exercício de um mandato de prefeito. Reconhece o grande carisma que Sueli Vidigal conquistou entre os serranos sendo uma "grande puxadora de votos". A família agradece o reconhecimento de Serginho como médico de carreira promissora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato não sou professor de português, e não tenho a pretensão de saber tudo. Ao contrário de você que diz representar a família Vidigal, eu coloco a minha cara na reta e não fico fazendo criticas protegido pelo anonimato. Se tem vergonha em defender a família Vidigal, eu entendo. Pelo cargo que deve ocupar deveria mostrar a cara. Eu sempre defendo a família Manato, o Gilson Daniel entre outros políticos honestos do Estado. Falando nisso parabéns Audifax por ser o prefeito mais transparente do Brasil.

      Excluir
    2. Idiota, ele estava citando um pastor que escreveu errado. O Jornalista e sociólogo deve saber que Cinto se escreve com "C", mas fez isso para mostrar que o pastor amigo dessa família de corruptos era um analfabeto.

      Excluir
  8. O Sociólogo José Vieira dos Santos é um dos maiores estudiosos da política Serrana. Ele conhece a política local, mas não sabe que antigamente a roubalheira era tanta, que até o dinheiro do IPS e do Bolsa Família eram roubados. Mas o prefeito da época não sabia disso, era coisa da sua mulher, que mandava e desmandava na Serra. Eu era comissionado da Prefeitura, me lembro de um senhor correndo atrás da Carol com um pau, pensando que essa jovem roubava a grana do Bolsa Família. O ladrão era um sobrinho da mulher do prefeito, que ficou bem de vida, mas a Carol teve que pintar o cabelo para não levar paulada na cabeça. Audifax é do partido do Contarato, mas não é um rato. Temos que colocar um policial federal na prefeitura para pegar os ratos. O delegado Márcio da Federal é de vagar, quase parando, mas é da federal, não tem outro igual.

    ResponderExcluir